Biorreator de Membranas (MBR)

 

A tecnologia de Biorreatores de Membranas (MBR) integra a degradação biológica e a separação e recirculação de lamas numa única etapa. Deste modo, ao instalar um MBR numa estação de tratamento e recuperação de águas residuais, não é necessária a utilização de um clarificador secundário para separar e recircular as lamas ativadas. As vantagens da tecnologia de membranas quando associada ao processo biológico são:

  1. Melhor qualidade dos efluentes devido à rejeição não apenas de sólidos mas também de matéria coloidal e de elevado peso molecular.
  2. Menor pegada ecológica graças à elevada concentração de biomassa num espaço reduzido.
  3. Controlo integral do tempo de retenção das lamas, uma vez que a separação sólido-líquido não se encontra limitada pela concentração de biomassa.
  4. Facilidade de adaptação das unidades de lamas activadas existentes, de forma a reforçar a capacidade de tratamento.



capacity


O projeto aWARE vai demonstrar a potencial aplicação de um MBR no tratamento combinado de águas residuais urbanas e dos concentrados gerados na etapa de nanofiltração a jusante, com vista à minimização da produção de concentrado e ao aumento da remoção de contaminantes prioritários e emergentes.